Rúcula – Benefícios e Malefícios, Como Preparar? Emagrece?

Vamos conhecer um pouco sobre a rúcula. Essa planta que está cada vez mais presente na mesa das pessoas e que apresenta bem mais benefícios  que a gente pode imaginar. Uma planta de fácil cultivo, pode-se tê-la até mesmo num pequeno espaço. Cheia de benefícios para a nossa saúde.

Para que serve a Rúcula?

Essa planta pode ser usada no preparo de sopas, pode ser consumida refogada e, principalmente, em saladas. Seu consumo cru é sempre o mais indicado, para que ela preserve mais quantidades de seus nutrientes. Com relação à sua contribuição para a nossa saúde, esses são muitos e citaremos alguns dos principais ao longo do texto.

Propriedades

Vamos conhecer algumas das principais propriedades dessa planta que a torna tão importante para a nossa saúde:

  • Possui poucas calorias e muitas vitaminas e minerais: em cada porção correspondente a um copo de rúcula, contém apenas cinco calorias. Essa planta é uma das folhagens verdes mais nutritivas que existe. Quando comparamos a rúcula com a alface, percebemos que a rúcula possui 5x mais vitaminas A, C, K, oito vezes mais cálcio, e cerca de 4x mais de ferro.
  • Rica em antioxidantes e ácido fólico: por isso, ela é ótima para combater os radicais livres. A rúcula também contém fitoquímicos, que ajudam a prevenir contra o câncer, a pressão alta, colesterol, problemas de visão,  e o envelhecimento da pele devido aos radicais livres. Também é rica em alguns minerais como o ferro, o potássio, o cálcio e o manganês e é rica em carotenoides também.
  • Possui boa absorção de minerais: como a concentração de ácido oxalático na rúcula é baixa, ela não impede que o organismo absorva os inerais que necessita.
  • Fortalece o sistema imunológico: a vitamina C contida nessa planta melhora o nosso sistema imunológico.
  • Previne osteoporose: a falta de vitamina K no organismo aumenta o risco de fratura e de desgaste dos ossos. E a rúcula é uma excelente fonte dessa vitamina.Prato com Rúcula
  • Melhora as funções cerebrais: A vitamina K também ajuda a inibir a ação de doenças degenerativas do cérebro e ajuda a manter a saúde da nossa mente.
  • Contribui para a oxigenação muscular: essa planta contém uma grande concentração de nitrato, que é uma substância importante para a oxigenação muscular durante a prática de atividades físicas.
  • Regula o diabetes: os antioxidantes dessa planta reduzem os níveis de glicose no sangue, e aumentam de insulina nos pacientes com diabetes.
  • E muito mais.

Benefícios e malefícios

De uma forma geral, podemos resumir os benefícios da rúcula conforme abaixo:

  • Previne a osteoporose
  • Trata a diabetes
  • Melhora a vida sexual
  • É boa para a saúde da pele
  • Melhora a saúde dos olhos
  • Fortalece o sistema imunológico
  • Ajuda na oxigenação muscular
  • Importante fonte de ácido fólico
  • Previne a Doença de Alzheimer
  • Auxilia em doenças pulmonares
  • Contribui para a produção de energia
  • Contribui para a melhoria da função congnitiva
  • Acaba com o mau cheiro causado pelo suor
  • Aumenta a libido
  • Ajuda a tratar a indigestão
  • Atua limpando o sangue
  • Possui muitos nutrientes importantes para o nosso organismo

Agora, com relação aos seus malefícios, a rúcula não apresenta nenhum. No entanto,o ideal é que ela seja consumida sem excessos, caso contrário, poderá causar vômitos e enjoo.

Rúcula emagrece?

Duas xícaras dessa planta possuem menos de 10 calorias. Substituir alimentos mais calóricos pela rúcula ajuda na dieta. Ela também ajuda na digestão e a combater a prisão de ventre, potencializando a queima de caloria, sendo que, ajudando na digestão, ela acaba promovendo o metabolismo digestivo, que seria a queima de caloria devido à boa digestão de alimentos.

Como comer a Rúcula

De uma maneira geral, a rúcula é consumida em salada, crua, normalmente temperada com sal, azeite e limão. Mas também é comum consumi-la em pizzas, tortas, sanduíches e quiches. Sempre adicione a rúcula no final do preparo, para que não fique muito cozida. Ela também pode ser consumida refogada ou em sopas.

Como fazer em salada?

As saladas com a rúcula podem conter diversos outros vegetais. Basta usar a criatividade para combinar a rúcula com os ingredientes que a família mais gosta. No entanto, temos abaixo uma receita de uma salada bem simples de rúcula.

Ingredientes:

– 1 maço de rúcula

– 1 tomate sem pele e sem sementes

– Cerca de 80 gramas de queijo parmesão ralado

– Sal a gosto

– Azeite a gosto

– Suco de limão a gosto

– Pimenta do reino a gosto

Lave bem as folhas de rúcula e pique bem fininho. Disponha em uma saladeira e acrescente o sal, o tomate, o azeite, o suco de limão, a pimenta do reino e misture bem. Espalhe o queijo ralado por cima e sirva.

Como fazer o Pesto de Rúcula?Prato com Salada de rúcula

Vamos à receita:

Ingredientes:

– 1 maço de rúcula

– 1 xícara de salsinha

– 1 maço de manjericão

– 1/2 dente de alho

– 1 xícara de nozes

– 4 colheres de sopa de azeite

– Gotinhas de limão

– 1/2 xícara de água

– 4 colheres de sopa de azeite

– 1 colher de chá de sal

Modo de preparo:

– Lave bem todas as ervas e deixe de molho por cerca de 10 minutos em água com vinagre.

– Escorra bem e seque com papel toalha ou pano de prato.

– Torre as nozes em uma frigideira.

– Bata todos os ingredientes no liquidificador, exceto as nozes. Se for preciso, pode adicionar mais água.

– Prove o tempero e acerte, se desejar.

– Pode ser servido frio ou quente.

Contraindicações

A rúcula não possui contraindicação. Qualquer pessoa pode consumi-la.