Pepino – Benefícios e Malefícios, Tipos de Pepino, Suco Detox

O pepino trata-se do fruto do pepineiro – cujo nome científico é Cucumis sativus. É um fruto muito usado na culinária, principalmente, como ingrediente para saladas. O pepino pertence a família das Cucurbitaceaes e ao gênero Cucumis.

Além do uso na culinária, o pepino é valorizado pelas suas propriedades medicinais. Elas ajudam na prevenção de diversas doenças e em processos de tratamentos.

Tipos de Pepino

Existem diversos tipos, com características peculiares. Os principais tipos do fruto são:

  • Japonês: apresenta uma casca verde e polpa firme. Tem aspecto alongado e fino e o tipo mais usado para o preparo do  sunomono – aquela tradicional salada japonesa adocicada.
  • Caipira: trata-se do tipo mais comum de pepino e mais encontrado em supermercados e feiras livres. É bastante usado em saladas.
  • Mini: assim como o próprio nome já diz, é um pepino de tamanho pequeno. É muito utilizado para conservas e aperitivos.
  • Aodai: pepino que possui uma casca com coloração verde suave e sabor também delicado. É bastante usado para se fazer conserva ou na preparação de saladas.

Benefícios do Pepino

Esse fruto é saboroso, e além disso, oferece diversos benefícios para a nossa saúde, ajudando a evitar doenças e contribuindo em diversos tratamentos. Abaixo, você confere os principais benefícios do pepino:

  • Bom para o coração: Foto de pepino inteiro e cortadoEsse fruto traz diversos benefícios ao coração. Ele contém, por exemplo, propriedades que reduzem os índices do LDL (colesterol ruim), além de manter a pressão arterial sob controle. Esses benefícios se dão à presença de esteróis e a sua alta composição de magnésio e fibras.
  • Ajuda na Prevenção do câncer: pesquisas recentes indicam que o consumo do pepino pode prevenir diversos tipos de câncer, como o de ovário, de próstata e de mama. A prevenção dessas doenças se deve, provavelmente, a presença de substâncias com ação preventivas, como pinoresinol, lariciresinol e secoisolariciresinol – que têm o poder de bloquear o metabolismo de células cancerígenas.
  • Ajuda na digestão: por ser rico em fibras, o pepino promove uma verdadeira limpeza no trato gastrointestinal. Também previne a prisão de ventre e seus desagradáveis sintomas, como: formação de gases, constipação, sensação de estufamento, dores abdominais, etc.
  • Efeito diurético: por ter uma composição formada por 95% de água, consumir o fruto ajuda na eliminação de líquidos e toxinas do organismo. Além de limpar o organismo, esse fruto combate inchaços causados pela retenção de líquidos e toxinas.
  • Bom para a diabetes tipo 2: ele ajuda a controlar a diabetes tipo 2. Isso porque o fruto estimula a produção da insulina pelo pâncreas. Com isso, reduz os níveis de glicose no sangue.

Propriedades

Além de vitaminas e nutrientes, o pepino é um excelente aliado para a boa saúde, devido às suas propriedades. Na sua composição encontramos esteróides que reduzem o colesterol ruim do sangue, além de uma alta concentração de fibras,  magnésio e vitamina C.

O fruto ainda contém substâncias que tem a capacidade de impedir que células cancerígenas se multipliquem, como: pinoresinol, lariciresinol e secoisolariciresinol. O pepino ainda é um potente diurético, já que é composto por 95% de água.

Também estimula a produção de insulina pelo pâncreas, abaixando os níveis de glicose no sangue. Assim, é um ótimo aliado para o controle da diabetes tipo 2.

Malefícios do Pepino

Embora esse fruto ofereça diversos benefícios para a nossa saúde, o seu consumo em excesso pode causar alguns efeitos colaterais. Alguns dos seus malefícios são:

  • Excesso de Vitamina C: o fruto é uma fonte rica de vitamina C, com isso, pode atrapalhar na absorção de outras vitaminas. Assim, o consumo excessivo do pepino pode descontrolar a absorvição de pelo organismo.
  • Eliminação Excessiva de Líquidos: as sementes do fruto contém  cucurbitina – um agente com altas propriedades diuréticas. Caso o pepino seja consumido com as sementes e em excesso pode ocasionar a perda excessiva de líquidos, levando a desidratação.
  • Problemas para o  Coração: se consumido em excesso, o pepino pode sobrecarregar o funcionamento normal do coração. Isso porque ele possui 95% de água – o que faz com que o coração tenha de trabalhar mais.
  • Problemas para o Sistema Renal: devido à presença de potássio, o consumo exagerado do pepino pode levar a hipercalemia. O problema causa cólicas, gases e inchaços, além de dificultar o funcionamento saudável dos rins.
  • Alergia ao Leite: devido à presença da caseína, o pepino pode levar algumas pessoas a desenvolverem alergia ao leite.
  • Inchaços e Flatulência: o pepino, como já foi mencionado, contém altas concentrações de cucurbitacina, especialmente em suas sementes. Esse agente pode causar indigestão, levando a formação de gases e flatulência, além de incômodos sintomas, como dores abdominais, inchaços na barriga, sensação de estufamento, etc.
  • Alergia Cutânea e Oral: estudos feitos pela Academia Americana de Alergia, Asma e Imunologia (Estados Unidos) indicaram que diversos frutos, como o pepino, podem levar algumas pessoas a apresentar alergias na pele e oral. Isso se deve também a presença da cucurbitacina.
  • Pode Causar Sinusite: o consumo exagerado do pepino pode favorecer o aparecimento da sinusite. Também pode provocar doenças respiratórias crônicas.

Jeitos de comer o PepinoSuco de pepino e pepinos cortados

Esse fruto é um ingrediente versátil, que pode ser consumido de diversas formas. Pode ser usado em saladas, em conversa ou mesmo em forma de suco.

A seguir, você confere uma super receita de Suco Detox de Pepino, que ajuda a eliminar a retenção de líquidos e toxinas do organismo.

Para fazer o Suco Detox você vai precisar de: 1 pepino médio de qualquer tipo, 1 pedaço pequeno de gengibre, 1 limão, 10 folhas de hortelã, 1 e 1/2 litro de água, mel ou adoçante a gosto.

Modo de preparar:

  1. Corte o pepino em rodelas finas, juntamente com a casca
  2. Corte o limão em pedaços
  3. Descasque o gengibre e corte-o em pedacinhos pequenos ou, então, rale-o
  4. Junte todos os ingrediente com a água e bata no liquidificador até obter um líquido homogêneo
  5. Adoce o suco com mel ou adoçante
  6. Se quiser um suco mais refrescante, bata junto algumas pedras de gelo
  7. Beba o suco logo após o preparo

Pergunta dos leitores

Pepino a noite faz mal?

Recomenda-se controlar o consumo desse fruto a noite. Isso porque ele pode causar indigestão, atrapalhando a digestão e o seu sono. Dê preferência para consumir o fruto na hora do almoço.