Nectarina – Benefícios, Como Comer? Como Plantar? Engorda?


As frutas sempre são indicadas para quem deseja ter uma alimentação mais saudável. Geralmente, são ricas em nutrientes essenciais para o nosso organismo. Nesse texto, vamos aprender um pouco mais sobre a nectarina, também conhecida como pêssego sem pêlos. Uma fruta muito saborosa e nutritiva.

O que é Nectarina?

A nectarina pertence à família Rosaceae. De aspecto bem semelhante ao pêssego, mas possui a casca lisa, sem os pêlos que o pêssego possui. O que causa a distinção entre essas duas frutas é uma mutação genética no pêssego, que teve origem na China e sofreu melhoria na América do Norte. O noma da nectarina se deve ao fato de ela ter um sabor bem doce.

A nectarina é bem saborosa, com o formato oval e redondo, de polpa suculenta, amarela e bem aromática.

Como é o pé de Nectarina?Foto de um Pé de Nectarina

O pé de nectarina é menor que o de pêssego. É uma planta que se adapta bem nas áreas mais secas e mais altas. A árvore é bem bonita, possui flores muito aromáticas, cor-de-rosa, suas folhas são longas e finas. Suas folhas podem ser usadas para fazer chá, seus frutos são deliciosos ao natural e suas flores dão ótimas geleias.


Propriedades

A nectarina é rica em vitaminas A, B3, C, antioxidantes, fibras e potássio. Seus antioxidantes protegem as células do nosso corpo da ação prejudicial dos radicais livres. A vitamina C ajuda na saúde dos ossos, dos dentes, na proteção do organismo de infecções; a vitamina B3 atua na formação do DNA; a vitamina A é boa para conservar a saúde da pele, é boa para o crescimento e para a saúde dos olhos.

Segundo estudos, as frutas que possuem caroço como a nectarina, o pêssego e a ameixa, possuem compostos bioativos que são capazes de combater uma doença chama “síndrome metabólica”, que se caracteriza pela alteração das taxas de colesterol, glicose, peso, pressão e triglicérides.

Benefícios da Nectarina

Agora, vamos conhecer um pouco sobre os benefícios da nectarina para a nossa saúde:

  • Possui baixo teor de calorias, o que a torna uma boa indicação para quem está de dieta.
  • Contribui para a saúde da pele, isso devido aos bioflavonoides presentes em sua composição.
  • É rica em água, importante para hidratar o corpo, filtrar e eliminar os líquidos e ajuda os rins.
  • Boa fonte de fósforo, importante para o funcionamento dos tecidos e das células, além de contribuir para a formação dos dentes, para manter os ossos fortes, a ajudar no metabolismo de gorduras e carboidratos.
  • Boa fonte de fibras, que contribuem para o bom funcionamento do intestino, além de aumentar a sensação de saciedade.
  • Ajuda a fortalecer o nosso sistema imunológico, devido aos antioxidantes e demais nutrientes contidos na fruta.
  • Ajuda na digestão, por causo do seu alto teor de fibras.
  • Ajuda na prevenção do câncer, devido ao ácido clorogénico que ela possui. Ele é muito eficaz na prevenção de câncer, tumor e câncer de cólon.

Confira mais alguns benefícios da nectarina:

– É uma boa fonte de pectina, que é um polissacarídeo de característica laxante.

– Ajuda na saúde das unhas, da pele e dos cabelos.

Nectarina engorda?

Se consumida sem excessos, a nectarina não engorda. E pode até ajudar a emagrecer, devido à sua grande concentração de fibras, de água e sendo uma fruta de baixa caloria. Suas fibras aumentam a sensação de saciedade, o que contribui para que a pessoa passe mais tempo sem comer.

Como comer?Foto de Nectarina inteira e cortada ao meio

As nectarinas podem ser consumidas frescas, podem ser usadas no preparo de bolos, compotas, tortas,sorvetes, sobremesas e crepes.

Quando colhidas verdes ou duras, elas ficam com pouco sabor. O ideal é que sejam colhidas maduras, mas ainda um pouco durinhas. Elas são macias, mas um pouco menos que o pêssego.

Como plantar?

O plantio pode ser das sementes e das mudas. O solo precisa ser arenoso, profundo e bem drenado. Livre de pedras ou de obstáculos para as raízes. O mais recomendado é comprar a muda já pronta. Além de frutificar mais rápido, é mais fácil de se desenvolver, uma vez que já está com as raízes.

O ideal é reservar cerca de 14 m² para a árvore, para que ela tenha o espaço de que necessita. Deve-se escolher lugares com mais sol e vento. Dessa forma, os riscos de aparecem fungos devido à umidade são poucos.