Aspargo – Como fazer aspargos? O que é? Tem gosto de que? Benefícios


O aspargo é bem popular e bastante consumido devido ao seu sabor e suas propriedades medicinais. Ele é um vegetal muito utilizado, principalmente em pratos europeus e chineses. Também é utilizado no cozimento com outros legumes, frutos do mar ou carnes, mas também são consumidos crus ou em saladas.

Esta planta é nativa da Euro-Ásia e possui talos brancos ou verdes. São plantadas em todo o mundo, mas se desenvolvem melhor em terrenos arenosos. Seu cultivo se dá desde os tempos mais remotos e até hoje não deixaram de ser consumidos, pois são bastante benéficos ao ser humano. Os índios advindos da América, colocavam o aspargo para secar e o utilizava para curar problemas relacionados a bexiga e rins.

Hoje, são diversas as variedades dos aspargos, como o aspargo inglês por exemplo que não cresce com o talo grosso, ou o aspargo italiano que vem com a cor violeta e é menos saboroso que o inglês. Também tem o aspargo francês. Este possui uma variedade de talos menos grossos e uma ponta violeta clara. Na Holanda, Bélgica e Alemanha a preferência é pelos aspargos brancos.

O que é Aspargo?

O aspargo é um vegetal de baixa caloria, rico em nutrientes e bastante utilizado na culinária por sua eficácia para a saúde. Este vegetal fornece 20 calorias por 100 gramas de seu consumo somente e seus nutrientes são vitaminas do complexo B, C, E e K. Ele apresenta também minerais como o ferro, magnésio, cálcio, potássio, zinco e fósforo. Além de tudo isto, o aspargo também é rico em fibras e possui ação antioxidante.


O aspargo possui um composto chamado inulina ou seja uma fibra solúvel. Esta fibra ajuda no crescimento das bactérias consideradas benéficas ao intestino e mantém uma boa manutenção do sistema digestivo. Auxilia também na prevenção da constipação.

Propriedades medicinaisAspargos

O vegetal aspargo é rico em propriedades anti-inflamatórias, anticâncer, antioxidantes, drenantes e diuréticas. Antigamente diziam que os aspargo também tinha propriedades afrodisíacas. Ele é tem muita fibra e é um nutriente que mantém a sensação de saciedade no organismo. Desta maneira ajuda a controlar o apetite e manter baixa quantidade de calorias no corpo.  A vitamina K dos aspargos provoca efeito diurético. Assim elimina o excesso de líquido pelo corpo, combatendo a retenção de liquido e diminuindo aquele inchaço característico.

As vitaminas presentes do complexo B, regulam o aminoácido homocisteína que podem se tornar fator de risco para o aparecimento de doenças do coração se aparecerem em altos níveis. Desta forma são excelentes para combater doenças do coração. Possui um aminoácido chamado de asparagina que ajuda a limpar o excesso de sal no organismo.

Contém as vitaminas B12 e B9, esta última conhecida também como folato ou ácido fólico previnem o envelhecimento cognitivo. Uma pesquisa realizada pela Universidade Tufts, nos Estados Unidos informou que os indivíduos que apresentam níveis saudáveis de vitamina B12 e ácido fólico, demonstraram melhor desempenho do que aqueles que tinham menores taxas dessas vitaminas. O desempenho foi analisado referente a flexibilidade mental e velocidade de reação.

Benefícios

Além de tudo que já foi dito sobre o aspargo, suas qualidades não param por ai. Vários são seus benefícios ao corpo. Confira-os.

O aspargo contribui no controle dos níveis de açúcar no sangue. Por tanto se você for diabético, este é um excelente alimento a ser consumido. Ele também diminui os riscos de aumentar a diabete do tipo 2. Isto porquê esta doença aumenta se houver inflamação e o aspargo possui propriedades anti-inflamatórias. O vegetal também atua como antienvelhecimento, pois possui o antioxidante glutationa que desacelera o processo natural do envelhecimento.

Um dos grandes benefícios do aspargo está relacionado a saúde da pele. Isto ocorre por causa da glutationa que atua colaborando com a proteção da pele por danos causados pela poluição e sol. Para as mamães gestantes, o aspargo ajuda a manter o controle ideal do folato. Já que este se mantém deficiente nos primeiros momentos da gravidez. Por ter alto teor de fibras e proteínas e nutrientes, o aspargo auxilia a manter uma boa digestão e evita o desconforto gerado que pode surgir neste processo.

Por ser rico em antioxidantes, combatem os radicais livres que causam doenças degenerativas e provocam o envelhecimento. Fortalece o sistema imunológico, pois é rico em vitamina E que protege o corpo contra os radicais livres e fortalece o sistema imunológico. O folato e vitamina B6 presentes no aspargo estimulam a excitação e a vitamina E estimula os hormônios sexuais, portanto é excelente para a vida sexual masculina e feminina.

Além de todos esses benefícios o aspargo ajuda a combater a ressaca, mantém os ossos fortes, pois absorve mais cálcio, ajuda a equilibrar a coagulação do sangue após um ferimento e ajuda a melhorar o humor. Pois o folato junto a vitamina B12 evitam a irritabilidade.

Como preparar o Aspargo?

Não há segredos para a preparação do aspargo. Você deverá lavá-los em água corrente para remover a sujeira. Depois retire a parte dura do talo de baixo. Os aspargos mais velhos, além de retirar essa parte também deverá descascá-los. Cozinhe-os por pouco tempo. Assim garantirá textura e coloração saudáveis. Além disto os antioxidantes e vitaminas não serão perdidos ao longo do cozimento.

Geralmente o vegetal é cozido no vapor ou em água fervente. As duas formas são comuns e aceitáveis, o que não pode ocorrer é o excesso de tempo no cozimento. Poderá utilizá-los em saladas, sopas, refogados ou levemente fritos. Os franceses têm o hábito de consumi-los quentes na manteiga. Já os italianos preferem saboreá-lo frio com adição de vinagre.

Como fazer o chá de Aspargo?

Aspargos enrolados no bacon

Dica de consumo: Aspargo enrolado no bacon

O chá de aspargo é bastante indicado para mulheres que estão grávidas já que ele é capaz de prevenir distúrbios no tubo neural dos bebês que se encontram ainda em formação. A maneira de prepará-lo se dá através de decocção. Este é um processo voltado a substâncias duras como os caules e as raízes. No caso do aspargo, seu chá não pode ser feito por infusão, por não ser ele um alimento solúvel em água.

Se faz necessário esmagar o vegetal ou cortá-lo em pedaços pequenos. Após, coloque-os para ferver por 10 minutos. Coe e ingira logo que a bebida estiver morna.

A proporção para preparar este chá é de três litros de água para cada 40 gramas de aspargos cortados ou esmagados. O chá de aspargo deve ser consumido de maneira moderada. Não ultrapasse a ingestão de três xícaras por dia. O chá deve ser tomado preferencialmente entre as principais refeições do dia. O que sobrar pode ser armazenado na geladeira, em recipiente fechado, por mais um dia no máximo.

Como armazenar?

Se os aspargos estiverem frescos, eles deverão permanecer na geladeira dentro de vasilhas fechadas por no máximo 3 a 4 dias. Sua embalagem deve ser cuidadosa para evitar que as pontas quebrem. Após este período, é recomendável prepará-las e consumir para garantir a ação das propriedades do vegetal.

Pergunta dos leitores

Aspargo tem gosto do que?

Uns dizem que os aspargos tem sabor semelhante as ervilhas, outros que parecem com pepinos. O sabor ao certo é difícil de definir, mas uma coisa se sabe: no cozido, grelhado ou na sopa, não importa a maneira, se estiver no ponto certo, o aspargo terá crocancia, aparência e sabores característicos como poucos alimentos possui.